98 – SERÁ A DEVOÇÃO A NOSSA SENHORA O REMÉDIO PARA ESTES TEMPOS DE CRISE NA IGREJA E NO MUNDO DE HOJE? 

Sim, o remédio é este: “Deus quer estabelecer no mundo a devoção ao meu Imaculado Coração”, disse Nossa Senhora na mensagem de Fátima. A condição para se debelar a crise na Igreja, ou, pelo menos, para cada católico se manter fiel em meio ao indiferentismo geral é a devoção a Nossa Senhora. 

“Estabelecer no mundo a devoção ao Coração Imaculado de Maria significa levar as pessoas a uma plena consagração de conversão, doação, íntima estima, veneração e amor. É, pois, neste espírito de consagração e conversão que Deus quer estabelecer no mundo a devoção ao Coração Imaculado de Maria” (Irmã Lúcia de Fátima, Apelos, n.13).

São Paulo VI, ao termo da Exortação Apostólica Signum Magnum (13 de maio de 1967), exorta “todos os filhos da Igreja a renovar pessoalmente a própria consagração ao Coração Imaculado da Mãe da Igreja”. 

A 13 de junho de 1929, Nossa Senhora pediu que o Santo Padre, em comunhão com todos os Bispos da Igreja Católica, consagrasse a Rússia ao seu Coração Imaculado. Em consequência desta consagração, Nossa Senhora prometeu o fim do comunismo soviético e conversão da Rússia. São João Paulo II fez esta consagração no dia 25 de março de 1984. A Irmã Lúcia disse que foi aceito pelo Céu. A 9 de novembro de 1989, foi derrubado o muro de Berlim, como sinal visível do fim do comunismo soviético. “Agora esperamos a conversão da Rússia”. 

Deste facto histórico, temos a prova de que a consagração ao Coração Imaculado de Maria, é o remédio sobrenatural oferecido por Deus, para vencer os males do nosso tempo. 

 

99 – HÁ ALGUM MODO ESPECIAL DE SE VIVER A DEVOÇÃO AO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA? 

Sim, renovando todos os dias a própria consagração ao Coração Imaculado de Maria e pela prática dos Cinco primeiros Sábados do mês seguidos. 

Consiste em o fiel se confessar, fazer a Comunhão reparadora, rezar o Terço e fazer quinze minutos de companhia a Nossa Senhora, meditando nos mistérios do Rosário, tudo isso em cinco primeiros sábados do mês seguidos, em desagravo ao Imaculado Coração de Maria.

 

100 – A DEVOÇÃO A NOSSA SENHORA É UM SEGURO DE SALVAÇÃO? 

Sim, porque Ela é nossa Co-redentora, Advogada e Medianeira.

“Ó Senhora, porque sois a dispensadora de todas as graças, e só de vossas mãos nos há de vir a salvação, de Vós também depende a nossa salvação” (São Bernardino de Sena, citando Santo Afonso – Glórias de Maria).

“Os que me fizerem conhecer terão a vida eterna.” (Eclo 24,31)

98 – SERÁ A DEVOÇÃO A NOSSA SENHORA O REMÉDIO PARA ESTES TEMPOS DE CRISE NA IGREJA E NO MUNDO DE HOJE? 
 
Sim, o remédio é este: “Deus quer estabelecer no mundo a devoção ao meu Imaculado Coração”, disse Nossa Senhora na mensagem de Fátima. A condição para se debelar a crise na Igreja, ou, pelo menos, para cada católico se manter fiel em meio ao indiferentismo geral é a devoção a Nossa Senhora. 
 
“Estabelecer no mundo a devoção ao Coração Imaculado de Maria significa levar as pessoas a uma plena consagração de conversão, doação, íntima estima, veneração e amor. É, pois, neste espírito de consagração e conversão que Deus quer estabelecer no mundo a devoção ao Coração Imaculado de Maria” (Irmã Lúcia de Fátima, Apelos, n.13).
 
São Paulo VI, ao termo da Exortação Apostólica Signum Magnum (13 de maio de 1967), exorta “todos os filhos da Igreja a renovar pessoalmente a própria consagração ao Coração Imaculado da Mãe da Igreja”. 
 
A 13 de junho de 1929, Nossa Senhora pediu que o Santo Padre, em comunhão com todos os Bispos da Igreja Católica, consagrasse a Rússia ao seu Coração Imaculado. Em consequência desta consagração, Nossa Senhora prometeu o fim do comunismo soviético e conversão da Rússia. São João Paulo II fez esta consagração no dia 25 de março de 1984. A Irmã Lúcia disse que foi aceito pelo Céu. A 9 de novembro de 1989, foi derrubado o muro de Berlim, como sinal visível do fim do comunismo soviético. “Agora esperamos a conversão da Rússia”. 
 
Deste facto histórico, temos a prova de que a consagração ao Coração Imaculado de Maria, é o remédio sobrenatural oferecido por Deus, para vencer os males do nosso tempo. 
 
 
99 – HÁ ALGUM MODO ESPECIAL DE SE VIVER A DEVOÇÃO AO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA? 
 
Sim, renovando todos os dias a própria consagração ao Coração Imaculado de Maria e pela prática dos Cinco primeiros Sábados do mês seguidos. 
 
Consiste em o fiel se confessar, fazer a Comunhão reparadora, rezar o Terço e fazer quinze minutos de companhia a Nossa Senhora, meditando nos mistérios do Rosário, tudo isso em cinco primeiros sábados do mês seguidos, em desagravo ao Imaculado Coração de Maria.
 
 
100 – A DEVOÇÃO A NOSSA SENHORA É UM SEGURO DE SALVAÇÃO? 
 
Sim, porque Ela é nossa Co-redentora, Advogada e Medianeira.
 
“Ó Senhora, porque sois a dispensadora de todas as graças, e só de vossas mãos nos há de vir a salvação, de Vós também depende a nossa salvação” (São Bernardino de Sena, citando Santo Afonso – Glórias de Maria).
 
“Os que me fizerem conhecer terão a vida eterna.” (Eclo 24,3

Contacto

Comunidade Católica de Evangelização Online nadateturbe@nadateespante.com