FIGURAS DE MARIA
16 – QUE SE ENTENDE POR FIGURAS DE MARIA? 
São coisas e pessoas do Antigo Testamento que têm analogias particulares com essa Divina Mãe.
 
17 – QUAIS SÃO AS PRINCIPAIS COISAS QUE PREFIGURAM MARIA NO ANTIGO TESTAMENTO? 
A arca de Noé, a escada de Jacob, a sarça ardente, o velo de Gedeão, a arca da aliança.
 
18 – EXPLIQUE AS ANALOGIAS ENTRE A ARCA DE NOÉ E MARIA. 
A arca era uma espécie de um grande navio feito por Noé, por ordem de Deus, no qual ele com a sua família e as diversas espécies de animais se salvaram durante o dilúvio. Portanto:
a) A arca salvou a família de Noé e, por ela, o género humano; Maria, por Jesus, salvou os homens.
b) A arca flutuava sobre as águas, enquanto tudo o mais submergia; Maria foi a única preservada das ondas do pecado. 
c) Todos aqueles que estavam na arca se salvaram; todos os que recorrem a Maria se salvam. 
d) Depois do dilúvio a terra foi povoada pelos que estavam na arca: o paraíso é povoado pelos filhos de Maria. 
 
19 – EXPLIQUE AS ANALOGIAS ENTRE A ESCADA DE JACOB E MARIA. 
Jacob teve a visão de uma escada que da terra se elevava ao Céu, e os Anjos por ela subiam e desciam, enquanto Deus lhe falava do alto da escada (Gen 18,10). 
Maria, por ser de natureza humana, é da terra, mas eleva-se ao Céu, pelas suas prerrogativas, principalmente, por ser a Imaculada Mãe de Deus. Por Ela, por sua intercessão, Deus envia constantemente os seus Anjos para nos socorrer. 
 
20 – POR QUE É MARIA COMPARADA À SARÇA ARDENTE? 
Moisés avistou sobre o monte Horeb um arbusto que ardia sem se consumir e Deus falou-lhe daquele arbusto. (Ex 3,1)
Assim canta a Igreja, na Liturgia: “Na sarça que Moisés viu permanecer incólume no meio das chamas, nós reconhecemos a vossa admirável virgindade, ó Santa Mãe de Deus”.
Maria, neste mundo, onde todos são consumidos pelas chamas das concupiscências, conservou-se intacta, sem a menor mancha de pecado. 
Deus, oculto nas chamas da sarça, preparava Moisés para a libertação do povo do cativeiro do Egito. 
Também o nosso Salvador, oculto no seio de Maria, preparava a nossa salvação. 
 
21 – O VELO DE GEDEÃO É FIGURA DE MARIA? 
O velo era uma pele de ovelha, instrumento de um duplo prodígio, destinado a convencer Gedeão da divindade da sua missão. Gedeão pedira a Deus um sinal da vitória: que o seu velo, durante a noite ficasse encharcado de orvalho, enquanto toda a terra ao redor permanecesse seca; e, na noite seguinte, o contrário, que toda a terra ficasse molhada e o seu velo seco. E assim aconteceu (Jz 6.s).
Assim como só o velo ficou coberto de orvalho, enquanto tudo em redor estava seco, assim só Maria foi cheia de graça. E assim como só o velo, na noite seguinte ficou seco, enquanto toda a terra estava molhada; assim também só Maria ficou imune do pecado. 
O orvalho no velo simboliza também Jesus a viver em Maria. Gedeão espremeu o velo e encheu um jarro. Esse jarro simboliza a Santa Igreja que Jesus Cristo enche de graça através da Sua Mãe. Assim canta a Igreja na sua liturgia: “Descestes (Cristo), como chuva sobre o velo para salvar o género humano”.
 
 
22 – COMO É QUE A ARCA DA ALIANÇA PREFIGURA MARIA? 
A arca da aliança era um grande cofre de madeira preciosa, todo revestido de ouro, por dentro e por fora, com dois querubins de ouro de cada lado. A parte superior chamava-se propiciatório. Dali Deus falava a Moisés e aos Sumos Pontífices (Ex 37). 
a) A arca da Aliança era de madeira de cedro incorruptível; Maria foi imaculada e o seu corpo não conheceu a corrupção do sepulcro.
b) O ouro era considerado o mais precioso dos metais. A arca era forrada de ouro por dentro e por fora; Maria está toda adornada com a mais sublime das virtudes, a caridade, o amor de Deus. 
c) A arca guardava as tábuas da Lei, o maná, a vara do Sacerdote Aarão; Maria teve em seu seio o Autor da Lei, o Pão vivo descido do Céu, o verdadeiro Sacerdote da nova Lei.
d) A arca era sinal da aliança de Deus com o seu povo. Maria é mais que sinal, pois, dando Jesus ao mundo, tornou-se instrumento da aliança que Deus fez com os homens, a Nova Aliança.
e) A arca é figura de Maria nos inúmeros prodígios que Deus realizava através dela. Diante da Arca, o Jordão abriu-se para dar passagem ao povo a pé enxuto; à vista de Maria os demónios fogem e deixam os Cristãos. A arca atraía a prosperidade e as bênçãos de Deus sobre o povo escolhido e os castigos mais terríveis contra os inimigos; imagem maravilhosa das graças que acompanham a verdadeira devoção a Nossa Senhora e dos castigos que comummente caem sobre os que desprezam e injuriam Maria.
23 – EXISTEM OUTRA FIGURAS DE MARIA? 
O Paraíso terrestre, no qual Jesus, o novo Adão, estabeleceu a sua morada.
A terra virgem: como Adão foi formado pela terra virgem, assim Cristo, o novo Adão, foi formado por uma mãe virgem, a Virgem Maria. 
A árvore da vida, plantada no meio do Paraíso, única digna de produzir o fruto de salvação.
O Tabernáculo, onde Deus habitou com toda a sua glória. 
O candelabro de ouro com sete braços que dão luz admirável; Maria ornada com os sete dons do Espírito Santo.
A nuvenzinha avistada por Elias, anunciando a chuva benéfica. 
O arco-íris, símbolo da aliança que Deus fez com Noé; Maria Medianeira entre Deus e os homens. 
 
24 – QUAIS SÃO AS PESSOAS QUE PREFIGURAM MAIS ESPECIALMENTE NOSSA SENHORA NO ANTIGO TESTAMENTO? 
A Santíssima Virgem Maria foi prefigurada por todas as mulheres santas do Antigo Testamento. Mais especialmente por:
EVA, mãe do género humano: Maria, mãe da nova raça purificada do pecado, Rainha de todos os eleitos, Mãe do inocente e verdadeiro Abel, traído e imolado. Como Eva colaborou com Adão na desobediência a Deus, para a ruína do género humano, assim Maria, Nova Eva, colaborou com Cristo, Novo Adão, na obediência a Deus, para a redenção do género humano. 
SARA, esposa estéril de Abraão, que concebeu por milagre de Deus; Maria foi maravilhosamente ainda mais fecunda do que ela, Mãe do verdadeiro Isaque, do filho único que carregou o instrumento no qual foi imolado.
REBECA, que brilhava com todos os dons da natureza, imperfeitamente figura a beleza incomparável de Maria, na ordem da graça.
RAQUEL, mãe do justo José, vendido pelos irmãos; Maria, Mãe do inocente Jesus, também traído e vendido. 
ABIGAIL, esposa de Nabal que, com as suas súplicas a David, salvou toda a sua família da morte; Maria co-redentora do género humano, com o seu Filho, salvou-nos da morte eterna. 
JUDITE, notável pela sua beleza, virtude e coragem, salvou o seu povo da invasão dos inimigos, cortando a cabeça de Holofernes, o chefe deles. Maria, obra-prima das mãos de Deus, salvou-nos do cativeiro do demónio, esmagando a sua cabeça e dando ao mundo o Filho de Deus. 
ESTER, esposa do rei Assuero, pela suas súplicas também salvou o seu povo da destruição; como Maria nos salvou por seu Filho e pela sua contínua mediação da graça.
Outras mulheres que prefiguram Maria são: Ana, mãe de Samuel, Debora e Rute. 
 
25 – QUE LIÇÕES PODEMOS TIRAR DESSAS FIGURAS DE MARIA? 
Maria “sobressai entre esses humildes e pobres do Senhor, que d´Ele esperam e recebem com confiança a salvação. Com ela, filha de Sião por excelência, depois de uma demorada espera da promessa, completam-se os tempos e instaura-se uma nova economia” (Concilio Vaticano II, Lumen Gentium 55).
Especialmente devemos concluir que, sendo a mediação de Maria poderosíssima junto de Deus, sem cessar devemos recorrer a Ela, para alcançarmos o perdão dos nossos pecados e as graças de Deus. 
 
16 – QUE SE ENTENDE POR FIGURAS DE MARIA? 
 
São coisas e pessoas do Antigo Testamento que têm analogias particulares com essa Divina Mãe.
 
 
17 – QUAIS SÃO AS PRINCIPAIS COISAS QUE PREFIGURAM MARIA NO ANTIGO TESTAMENTO? 
 
A arca de Noé, a escada de Jacob, a sarça ardente, o velo de Gedeão, a arca da aliança.
 
 
18 – EXPLIQUE AS ANALOGIAS ENTRE A ARCA DE NOÉ E MARIA. 
 
A arca era uma espécie de um grande navio feito por Noé, por ordem de Deus, no qual ele com a sua família e as diversas espécies de animais se salvaram durante o dilúvio. Portanto:
 
a) A arca salvou a família de Noé e, por ela, o género humano; Maria, por Jesus, salvou os homens.
 
b) A arca flutuava sobre as águas, enquanto tudo o mais submergia; Maria foi a única preservada das ondas do pecado. 
 
c) Todos aqueles que estavam na arca se salvaram; todos os que recorrem a Maria se salvam. 
 
d) Depois do dilúvio a terra foi povoada pelos que estavam na arca: o paraíso é povoado pelos filhos de Maria. 
 
 
19 – EXPLIQUE AS ANALOGIAS ENTRE A ESCADA DE JACOB E MARIA. 
 
Jacob teve a visão de uma escada que da terra se elevava ao Céu, e os Anjos por ela subiam e desciam, enquanto Deus lhe falava do alto da escada (Gen 18,10). 
 
Maria, por ser de natureza humana, é da terra, mas eleva-se ao Céu, pelas suas prerrogativas, principalmente, por ser a Imaculada Mãe de Deus. Por Ela, por sua intercessão, Deus envia constantemente os seus Anjos para nos socorrer. 
 
 
20 – POR QUE É MARIA COMPARADA À SARÇA ARDENTE? 
 
Moisés avistou sobre o monte Horeb um arbusto que ardia sem se consumir e Deus falou-lhe daquele arbusto. (Ex 3,1)
 
Assim canta a Igreja, na Liturgia: “Na sarça que Moisés viu permanecer incólume no meio das chamas, nós reconhecemos a vossa admirável virgindade, ó Santa Mãe de Deus”.
 
Maria, neste mundo, onde todos são consumidos pelas chamas das concupiscências, conservou-se intacta, sem a menor mancha de pecado. 
 
Deus, oculto nas chamas da sarça, preparava Moisés para a libertação do povo do cativeiro do Egito. 
Também o nosso Salvador, oculto no seio de Maria, preparava a nossa salvação. 
 
 
21 – O VELO DE GEDEÃO É FIGURA DE MARIA? 
 
O velo era uma pele de ovelha, instrumento de um duplo prodígio, destinado a convencer Gedeão da divindade da sua missão. Gedeão pedira a Deus um sinal da vitória: que o seu velo, durante a noite ficasse encharcado de orvalho, enquanto toda a terra ao redor permanecesse seca; e, na noite seguinte, o contrário, que toda a terra ficasse molhada e o seu velo seco. E assim aconteceu (Jz 6.s).
 
Assim como só o velo ficou coberto de orvalho, enquanto tudo em redor estava seco, assim só Maria foi cheia de graça. E assim como só o velo, na noite seguinte ficou seco, enquanto toda a terra estava molhada; assim também só Maria ficou imune do pecado. 
 
O orvalho no velo simboliza também Jesus a viver em Maria. Gedeão espremeu o velo e encheu um jarro. Esse jarro simboliza a Santa Igreja que Jesus Cristo enche de graça através da Sua Mãe. Assim canta a Igreja na sua liturgia: “Descestes (Cristo), como chuva sobre o velo para salvar o género humano”.
 
 
22 – COMO É QUE A ARCA DA ALIANÇA PREFIGURA MARIA? 
 
A arca da aliança era um grande cofre de madeira preciosa, todo revestido de ouro, por dentro e por fora, com dois querubins de ouro de cada lado. A parte superior chamava-se propiciatório. Dali Deus falava a Moisés e aos Sumos Pontífices (Ex 37). 
 
a) A arca da Aliança era de madeira de cedro incorruptível; Maria foi imaculada e o seu corpo não conheceu a corrupção do sepulcro.
 
b) O ouro era considerado o mais precioso dos metais. A arca era forrada de ouro por dentro e por fora; Maria está toda adornada com a mais sublime das virtudes, a caridade, o amor de Deus. 
 
c) A arca guardava as tábuas da Lei, o maná, a vara do Sacerdote Aarão; Maria teve em seu seio o Autor da Lei, o Pão vivo descido do Céu, o verdadeiro Sacerdote da nova Lei.
 
d) A arca era sinal da aliança de Deus com o seu povo. Maria é mais que sinal, pois, dando Jesus ao mundo, tornou-se instrumento da aliança que Deus fez com os homens, a Nova Aliança.
 
e) A arca é figura de Maria nos inúmeros prodígios que Deus realizava através dela. Diante da Arca, o Jordão abriu-se para dar passagem ao povo a pé enxuto; à vista de Maria os demónios fogem e deixam os Cristãos. A arca atraía a prosperidade e as bênçãos de Deus sobre o povo escolhido e os castigos mais terríveis contra os inimigos; imagem maravilhosa das graças que acompanham a verdadeira devoção a Nossa Senhora e dos castigos que comummente caem sobre os que desprezam e injuriam Maria.
 
 
23 – EXISTEM OUTRA FIGURAS DE MARIA? 
 
O Paraíso terrestre, no qual Jesus, o novo Adão, estabeleceu a sua morada.
 
A terra virgem: como Adão foi formado pela terra virgem, assim Cristo, o novo Adão, foi formado por uma mãe virgem, a Virgem Maria. 
 
A árvore da vida, plantada no meio do Paraíso, única digna de produzir o fruto de salvação.
 
O Tabernáculo, onde Deus habitou com toda a sua glória. 
 
O candelabro de ouro com sete braços que dão luz admirável; Maria ornada com os sete dons do Espírito Santo.
 
A nuvenzinha avistada por Elias, anunciando a chuva benéfica. 
 
O arco-íris, símbolo da aliança que Deus fez com Noé; Maria Medianeira entre Deus e os homens. 
 
 
24 – QUAIS SÃO AS PESSOAS QUE PREFIGURAM MAIS ESPECIALMENTE NOSSA SENHORA NO ANTIGO TESTAMENTO? 
 
A Santíssima Virgem Maria foi prefigurada por todas as mulheres santas do Antigo Testamento. Mais especialmente por:
 
EVA, mãe do género humano: Maria, mãe da nova raça purificada do pecado, Rainha de todos os eleitos, Mãe do inocente e verdadeiro Abel, traído e imolado. Como Eva colaborou com Adão na desobediência a Deus, para a ruína do género humano, assim Maria, Nova Eva, colaborou com Cristo, Novo Adão, na obediência a Deus, para a redenção do género humano. 
 
SARA, esposa estéril de Abraão, que concebeu por milagre de Deus; Maria foi maravilhosamente ainda mais fecunda do que ela, Mãe do verdadeiro Isaque, do filho único que carregou o instrumento no qual foi imolado.
 
REBECA, que brilhava com todos os dons da natureza, imperfeitamente figura a beleza incomparável de Maria, na ordem da graça.
 
RAQUEL, mãe do justo José, vendido pelos irmãos; Maria, Mãe do inocente Jesus, também traído e vendido. 
 
ABIGAIL, esposa de Nabal que, com as suas súplicas a David, salvou toda a sua família da morte; Maria co-redentora do género humano, com o seu Filho, salvou-nos da morte eterna. 
 
JUDITE, notável pela sua beleza, virtude e coragem, salvou o seu povo da invasão dos inimigos, cortando a cabeça de Holofernes, o chefe deles. Maria, obra-prima das mãos de Deus, salvou-nos do cativeiro do demónio, esmagando a sua cabeça e dando ao mundo o Filho de Deus. 
 
ESTER, esposa do rei Assuero, pela suas súplicas também salvou o seu povo da destruição; como Maria nos salvou por seu Filho e pela sua contínua mediação da graça.
 
Outras mulheres que prefiguram Maria são: Ana, mãe de Samuel, Debora e Rute
 
 
25 – QUE LIÇÕES PODEMOS TIRAR DESSAS FIGURAS DE MARIA? 
 
Maria “sobressai entre esses humildes e pobres do Senhor, que d´Ele esperam e recebem com confiança a salvação. Com ela, filha de Sião por excelência, depois de uma demorada espera da promessa, completam-se os tempos e instaura-se uma nova economia” (Concilio Vaticano II, Lumen Gentium 55).
 
Especialmente devemos concluir que, sendo a mediação de Maria poderosíssima junto de Deus, sem cessar devemos recorrer a Ela, para alcançarmos o perdão dos nossos pecados e as graças de Deus. 
 

Contacto

Comunidade Católica de Evangelização Online nadateturbe@nadateespante.com