83 – O QUE É O ROSÁRIO? 

É um conjunto de orações acompanhadas da meditação dos principais mistérios da vida de Nosso Senhor e de Nossa Senhora. Chama-se Rosário por ser como uma coroa de rosas que se oferece a Maria. 

 

84 – QUEM COMPÕS O ROSÁRIO? 

Na sua forma atual, o Rosário foi composto por São Domingos, fundador da Ordem dos Pregadores, que foi para isso favorecido com uma revelação particular de Maria no ano 1206.

 

85 – DONDE PROVÊM A EXCELÊNCIA DO ROSÁRIO?

a) Da sua origem: pois foi a própria Santíssima Virgem quem o revelou a São Domingos;

b) Das orações que o compõem: Credo, resumo das verdades da nossa Fé; Pai-nosso e Avé-Maria, as mais belas orações; Glória ao Pai, ato de fé e adoração à Santíssima Trindade; meditação dos mistérios da Fé;

c) Da autoridade da Igreja que autorizou e recomendou por diversas vezes esta prática. Só o Papa Leão XIII escreveu 22 documentos, entre os quais várias encíclicas, sobre o Rosário. Pode-se, portanto, dizer que é a devoção particular mais recomendada pela Igreja.

 

86 – DEVE REZAR-SE SEMPRE O ROSÁRIO 

É muito útil e salutar rezar todos os dias pelo menos o Terço, pois esta é a recomendação da Igreja e este foi o insistente apelo de Nossa Senhora nas aparições de Lourdes e Fátima:

“O Rosário ou Terço é a oração que Deus, por meio da Sua Igreja e de Nossa Senhora, nos tem recomendado com maior insistência para todos em geral, como caminho e porta de salvação” (Irmã Lúcia, Apelos, nº 12). 

“Rezai o Terço todos os dias” (Nossa Senhora em Fátima, 13 maio de 1917)

 

87 – A IGREJA RECOMENDA ALGUMA FORMA ESPECIAL DE SE REZAR O TERÇO? 

Sim, o Terço rezado em família ou em comunidade. Para cada dia que o fiel, em família ou em comunidade, rezar piedosamente o Terço, meditando nos mistérios, a Igreja concede uma indulgência plenária, observadas as outras condições gerais. A Igreja exorta também os fiéis a rezarem o Terço no mês de Outubro – o Mês do Rosário – ou diante do Santíssimo Sacramento exposto.

 

88 – O QUE É A LADAÍNHA DE NOSSA SENHORA? 

É uma oração aprovada pela Igreja composta por 51 invocações a Nossa Senhora, recordando os seus principais privilégios e títulos de honra, de veneração e de amor, pedindo a sua proteção: “rogai por nós”.

 

89 – PODERIA DAR A EXPLICAÇÃO DE ALGUMAS DESSAS INVOCAÇÕES? 

Sim. Espelho de justiça: Maria é o espelho da perfeição cristã. Todas as virtudes cristãs brilham no Coração Imaculado de Maria. Este espelho de santidade foi-nos dado como uma luz a guiar-nos no caminho da santidade.

Sede de sabedoria: ou templo da Sabedoria, Templo de Deus, este título convém eminentemente a Maria, Mãe de Deus. 

Causa da nossa alegria: Maria é causa da nossa alegria espiritual, pois nos trouxe Jesus e é por Ela que nos vem a graça da Deus. 

Vaso espiritual: como um vaso precioso, o Coração de Maria encerra os dons espirituais da divina graça.

Vaso honorífico: este título convém à alma de Maria, onde permaneceu sempre a graça de Deus e a seu corpo, do qual o Divino Espírito Santo formou o Corpo de Jesus.

Vaso insigne de devoção: Maria encerra de maneira insigne, notabilíssima, a maior devoção de que é capaz uma criatura. 

Rosa mística: a rosa é a rainha das flores, portanto é muito natural que Maria, rainha dos Anjos e dos Santos, seja comparada à rosa.

Torre de David: David, tendo-se apoderado da torre dos Jebuseus,  a qual dominava Jerusalém e servia de defesa àquela cidade, aumentou-a, fortificou-a e confiou-a aos soldados mais experimentados. Maria é a torre inexpugnável de defesa da Igreja contra os inimigos de todos os tempos (Jerusalém é figura da Igreja).

Torre de marfim: Nossa Senhora é aqui comparada a uma torre de uma alvura semelhante à do marfim, para nos lembrar a sua pureza imaculada e o poder que Deus lhe concedeu contra os inimigos da religião.

Casa de ouro: o ouro é símbolo da caridade, rainha das virtudes. Maria amou a Deus e ao próximo como nenhuma criatura.

Arca da aliança: já abundantemente explicado este título. 

Porta do céu: este título pertence em primeiro lugar a Jesus Cristo, “Eu Sou a Porta”; mas, Maria também, de maneira subordinada a Jesus, é a porta do Céu, pela qual nos vêm as graças de Deus, e pela qual podemos ir a Deus. 

Estrela da manhã: a estrela da manhã anuncia a chegada do sol, a dissipação das trevas ; assim a chegada de Maria anuncia a vinda de Jesus, Sol de justiça que dissipa as trevas do pecado. 

 
83 – O QUE É O ROSÁRIO? 
 
É um conjunto de orações acompanhadas da meditação dos principais mistérios da vida de Nosso Senhor e de Nossa Senhora. Chama-se Rosário por ser como uma coroa de rosas que se oferece a Maria. 
 
 
84 – QUEM COMPÕS O ROSÁRIO? 
 
Na sua forma atual, o Rosário foi composto por São Domingos, fundador da Ordem dos Pregadores, que foi para isso favorecido com uma revelação particular de Maria no ano 1206.
 
 
85 – DONDE PROVÊM A EXCELÊNCIA DO ROSÁRIO?
 
a) Da sua origem: pois foi a própria Santíssima Virgem quem o revelou a São Domingos;
 
b) Das orações que o compõem: Credo, resumo das verdades da nossa Fé; Pai-nosso e Avé-Maria, as mais belas orações; Glória ao Pai, ato de fé e adoração à Santíssima Trindade; meditação dos mistérios da Fé;
 
c) Da autoridade da Igreja que autorizou e recomendou por diversas vezes esta prática. Só o Papa Leão XIII escreveu 22 documentos, entre os quais várias encíclicas, sobre o Rosário. Pode-se, portanto, dizer que é a devoção particular mais recomendada pela Igreja.
 
 
86 – DEVE REZAR-SE SEMPRE O ROSÁRIO 
 
É muito útil e salutar rezar todos os dias pelo menos o Terço, pois esta é a recomendação da Igreja e este foi o insistente apelo de Nossa Senhora nas aparições de Lourdes e Fátima:
 
“O Rosário ou Terço é a oração que Deus, por meio da Sua Igreja e de Nossa Senhora, nos tem recomendado com maior insistência para todos em geral, como caminho e porta de salvação” (Irmã Lúcia, Apelos, nº 12). “Rezai o Terço todos os dias” (Nossa Senhora em Fátima, 13 maio de 1917)
 
 
87 – A IGREJA RECOMENDA ALGUMA FORMA ESPECIAL DE SE REZAR O TERÇO? 
 
Sim, o Terço rezado em família ou em comunidade. Para cada dia que o fiel, em família ou em comunidade, rezar piedosamente o Terço, meditando nos mistérios, a Igreja concede uma indulgência plenária, observadas as outras condições gerais. A Igreja exorta também os fiéis a rezarem o Terço no mês de Outubro – o Mês do Rosário – ou diante do Santíssimo Sacramento exposto. 
 
 
88 – O QUE É A LADAÍNHA DE NOSSA SENHORA? 
 
É uma oração aprovada pela Igreja composta por 51 invocações a Nossa Senhora, recordando os seus principais privilégios e títulos de honra, de veneração e de amor, pedindo a sua proteção: “rogai por nós”.
 
 
89 – PODERIA DAR A EXPLICAÇÃO DE ALGUMAS DESSAS INVOCAÇÕES? 
 
Sim. Espelho de justiça: Maria é o espelho da perfeição cristã. Todas as virtudes cristãs brilham no Coração Imaculado de Maria. Este espelho de santidade foi-nos dado como uma luz a guiar-nos no caminho da santidade.
 
Sede de sabedoria: ou templo da Sabedoria, Templo de Deus, este título convém eminentemente a Maria, Mãe de Deus. 
 
Causa da nossa alegria: Maria é causa da nossa alegria espiritual, pois nos trouxe Jesus e é por Ela que nos vem a graça da Deus. 
 
Vaso espiritual: como um vaso precioso, o Coração de Maria encerra os dons espirituais da divina graça.
 
Vaso honorífico: este título convém à alma de Maria, onde permaneceu sempre a graça de Deus e a seu corpo, do qual o Divino Espírito Santo formou o Corpo de Jesus.
 
Vaso insigne de devoção: Maria encerra de maneira insigne, notabilíssima, a maior devoção de que é capaz uma criatura. 
 
Rosa mística: a rosa é a rainha das flores, portanto é muito natural que Maria, rainha dos Anjos e dos Santos, seja comparada à rosa.
 
Torre de David: David, tendo-se apoderado da torre dos Jebuseus,  a qual dominava Jerusalém e servia de defesa àquela cidade, aumentou-a, fortificou-a e confiou-a aos soldados mais experimentados. Maria é a torre inexpugnável de defesa da Igreja contra os inimigos de todos os tempos (Jerusalém é figura da Igreja).
 
Torre de marfim: Nossa Senhora é aqui comparada a uma torre de uma alvura semelhante à do marfim, para nos lembrar a sua pureza imaculada e o poder que Deus lhe concedeu contra os inimigos da religião.
 
Casa de ouro: o ouro é símbolo da caridade, rainha das virtudes. Maria amou a Deus e ao próximo como nenhuma criatura.
 
Arca da aliança: já abundantemente explicado este título. 
 
Porta do céu: este título pertence em primeiro lugar a Jesus Cristo, “Eu Sou a Porta”; mas, Maria também, de maneira subordinada a Jesus, é a porta do Céu, pela qual nos vêm as graças de Deus, e pela qual podemos ir a Deus. 
 
Estrela da manhã: a estrela da manhã anuncia a chegada do sol, a dissipação das trevas ; assim a chegada de Maria anuncia a vinda de Jesus, Sol de justiça que dissipa as trevas do pecado. 
 

Contacto

Comunidade Católica de Evangelização Online nadateturbe@nadateespante.com