6 - ASTRONOMIA E DEMONOLOGIA


QUESTÃO 6

ASTRONOMIA E DEMONOLOGIA


Existe um certo parelelismo entre a astronomia e a demonologia. Um sistema solar é como uma espécie de parábola do que é Deus, os anjos e
os demónios. Deus seria o Astro-Rei, à volta do qual giram todos os astros do sistema solar, por Ele é o centro. Ele ilumina todos.

O resto dos planetas, asteróides e satélites seria os santos e os anjos. O sitema de rotação dos satélites à volta dos planetas
seria imagem da iluminação de uns seres angélicos a outros. Embora os satélites girem à volta de um planeta, também rodam á volta do Sol.
Por mais intermediações que haja, Deus é sempre o centro.

Contudo, os demónios seriam esses corpos que se afastaram da atracção do Sol. O Sol atrai-os, não deixa nunca de atrair, não deixa de iluminar
, de dar calor. No entanto, esses corpos afastaram-se tanto (livremente) que vivem nas trevas exteriores, no frio do vazio e na escuridão. Deus
continua a atraí-los a cada instante, a cada segundo. Mas eles já estão irremissivelmente fora do alcançe da Sua atracção e da Sua luz. O Sol
não os priva da sua luz, mas eles que preferiram dirigir-se na direcção oposta.

Muitos homens perguntam-se onde está a fronteira entre a condenção e a salvação. Esta parábola astronómica oferece luz sobre o tema, pois essa
fronteira é como o limite da força gravitacional. Alguém pode estar muito longe, mas se está unido pela gravitação ao Sol, está unido a Ele.
Se alguém vagueia já completamente livre, alheio a essa gravitação, já esá condenado eternamente.

Se vemos esta parábola astronómica a partir da superfície da Terra há qu fazer certas alterações (há que acrescentar as estrelas), mas
também podemos acrescentar certos matizes (pode incluir-se a Lua). Deus seria o Sol, a Virgem a Lua e os anjos as estrelas. A diferença
entre a luz do Sol e das estrelas seria a imagem da diferença entre o ser de Deus e dos espíritos angélicos.

Os anjos seriam um pálido e débil pontinho de luz frente à luz deslumbrante e irresistivel de Deus. A diferença entre a luz das estrelas
e da Lua seria a diferença entre os anjos e ela. Desde logo, em muitas passagens da Sagrada Escritura fica claro que as estrelas, luminosas e
muito acima da Terra, são imagem dos espíritos angélicos. (1)  
 
(1) É no âmbito desta parábola astronómica que devem entender-se os versículos como Ap 12,4   Is 14,12-15 entre muitos outros.



SUMMA DAEMONIACA

Tratado de Demonologia e Manual de Exorcistas

Por: JOSÉ ANTONIO FORTEA

www.nadateespante.com

SÃO MIGUEL ARCANJO

06-12-2013 13:43
  São Miguel Arcanjo: História e Teologia O Poder de São Miguel. “Quem como Deus?” Travou-se um combate no Céu: Miguel e os seus Anjos lutaram contra o Dragão. O Dragão e os seus anjos lutaram também, mas foram derrotados e perderam o seu lugar no Céu para sempre. Foi expulso o enorme...

OS SANTOS ANJOS

06-12-2013 14:27
ÍNDICE: 1-TRECHOS DO CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA SOBRE OS ANJOS.   2-SEGUNDO SÃO TOMÁS DE AQUINO: 3- LADAINHA DOS SANTOS ANJOS 4- ORAÇÃO AO ANJO DA GUARDA 4. ORAÇÃO AO ANJO DE DEUS 5- ORAÇÕES A SÃO MIGUEL ARCANJO 6- ORAÇÕES A SÃO GABRIEL ARCANJO 7- ORAÇÕES A SÃO RAFAEL...

Contacto

Comunidade Católica de Evangelização Online nadateturbe@nadateespante.com