SEXTA FEIRA JESUS SOBE AO CALVÁRIO E É CRUCIFICADO

1-Meu amável Jesus, ofereço-Vos pelas almas do Purgatório a imensa fadiga que suportastes carregando o pesado madeiro da cruz até ao monte Calvário onde morrestes vítima de amor, no meio de dores atrozes e dos insultos mais soezes.
Dai- lhes, Senhor, o eterno descanso entre os esplendores da luz perpétua.  Que descansem em paz. Amem.

2. Meu amável Jesus, ofereço-Vos pelas almas do Purgatório todas as injúrias e violências que suportastes no caminho do Calvário, o Sangue que derramastes das feridas abertas, os suores, os suspiros e as lágrimas que derramastes no meio de tantos trabalhos.  
Dai- lhes, Senhor, o eterno descanso entre os esplendores da luz perpétua.  Que descansem em paz. Amem.

3. Meu amável Jesus, ofereço-Vos pelas almas do Purgatório aquelas três penosas quedas que sofrestes no caminho do Calvário mostrando a Vossa extrema fraqueza e dores, sob o peso da cruz, e as chicotadas que Vos deram para Vos fazer levantar e continuar o caminho.
Dai- lhes, Senhor, o eterno descanso entre os esplendores da luz perpétua.  Que descansem em paz. Amem.

4. Meu amável Jesus, ofereço-Vos pelas almas do Purgatório a desonra que injustamente padecestes ao ser levado para fora da cidade, em que tínheis realizado tantos milagres, preso, escarnecido e condenado à morte entre dois ladrões escutando os gritos e as injúrias da multidão.
Dai- lhes, Senhor, o eterno descanso entre os esplendores da luz perpétua.  Que descansem em paz. Amem.

5. Meu amável Jesus, ofereço-Vos pelas almas do Purgatório aquele profundo sentimento de compaixão que experimentastes ao ver a Vossa piedosa Mãe vir chorando ao Vosso encontro para Vos abraçar e a violência com que os soldados Vos quiseram separar dEla.
Dai- lhes, Senhor, o eterno descanso entre os esplendores da luz perpétua.  Que descansem em paz. Amem.

6. Meu amável Jesus, ofereço-Vos pelas almas do Purgatório aquela amargura e fraqueza extrema em que Vos viram os soldados, que, para Vos fazer chegar com vida ao Calvário, obrigaram Simão de Cirene a levar a Vossa Cruz.
Dai- lhes, Senhor, o eterno descanso entre os esplendores da luz perpétua.  Que descansem em paz. Amem.

7. Meu amável Jesus, ofereço-Vos pelas almas do Purgatório a grande angústia e trabalho que sentiu o Vosso Corpo aflitíssimo ao subir ao Calvário e a amarga bebida de vinho, mirra e fel, com que os soldados, de pois de tão penosa viagem, quiseram restaurar as Vossas forças.  
Dai- lhes, Senhor, o eterno descanso entre os esplendores da luz perpétua.  Que descansem em paz. Amem.

 8. Meu amável Jesus, ofereço-Vos pelas almas do Purgatório aquele tormento que de novo padecestes quando desumanos soldados, no Calvário, renovaram as Vossas Chagas arrancando-Vos sem piedade as vestes coladas ao Suor e ao Sangue.
Dai- lhes, Senhor, o eterno descanso entre os esplendores da luz perpétua.  Que descansem em paz. Amem.

9. Meu amável Jesus, ofereço-Vos pelas almas do Purgatório a prontidão de amor e de vontade com que Vos estendestes sobre a cruz, oferecendo as Mãos e os Pés para serem trespassados cruelmente pelos cravos.
Dai- lhes, Senhor, o eterno descanso entre os esplendores da luz perpétua.  Que descansem em paz. Amem.

10. Meu amável Jesus, ofereço-Vos pelas almas do Purgatório, aquela santa e eficacíssima oblação que fizestes de Vós mesmo no Altar da Cruz, em virtude da qual Deus foi aplacado, o homem redimido e o Céu aberto.
Dai- lhes, Senhor, o eterno descanso entre os esplendores da luz perpétua.  Que descansem em paz. Amem.

Conclusão para cada dia


Ofereço-Vos finalmente, ó amável Jesus, pelas almas do Purgatório todos os tormentos que sofrestes e eu ignoro. Pelos méritos de todas essas dores, peço-Vos que me perdoeis todos os pecados que, por negligência ou ignorância, eu não conheço.

 

Contacto

Comunidade Católica de Evangelização Online nadateturbe@nadateespante.com